• 193 
  •  
  •  
  •  
  •  

Corpo de Bombeiros RJ forma especialistas em salvamento em espaços confinados

Curso capacitou militares do Rio de Janeiro e do Amapá

 

O Curso Avançado de Salvamento em Espaços Confinados (CASEC) formou mais uma turma, no dia 4 de outubro. A cerimônia, realizada no Complexo de Ensino Coronel Sarmento, marcou o fim de um ciclo de 45 dias de treinamento. Treze alunos foram capacitados, entre militares do Rio de Janeiro e do Amapá.

 

Na programação constaram diversas instruções: técnicas verticais em espaços confinados, aplicabilidade de detectores de gases, métodos de ventilação tática, normas e legislações sobre o tema, atendimento pré-hospitalar em espaços confinados, entre outras disciplinas.

 

- Os espaços confinados representam um somatório de diversos riscos reunidos em uma só ocorrência: riscos físicos, químicos, biológicos, psicológicos e ambientais. Saber reconhecer e aplicar a tática mais apropriada aos diferentes cenários em que o especialista se defronta é fundamental. Pesquisas apontam que as tentativas de resgate de vítimas por pessoas despreparadas representam mais de 65% das estatísticas de mortes em espaços confinados - afirmou o coordenador CASEC/2017, capitão Ancelmé.

 

Desde que foi criado, em 2014, após quatro edições, o CASEC conta com 83 especialistas.

 

- Nosso objetivo em 2018 será atualizar os especialistas já formados. Em 2017 tivemos a realização do I Seminário de Salvamento em Espaços Confinados. Foi possível inserir técnicas novas como a utilização da "safety belay line", uso de "wristlets",  além da inserção das fichas de avaliação tática baseada em padrões internacionais. Como parte da meta, iremos propor a atualização do procedimento operacional padrão (POP) utilizado no CBMERJ em salvamentos em espaços confinados, já adaptada às práticas mais recomendadas -  alertou o capitão Fabio Contreiras, comandante do Centro de Instrução Especializada de Bombeiros.