• 193 
  •  
  •  
  •  
  •  

Corpo de Bombeiros RJ celebrou 165 anos nesta sexta-feira

Sábado, 03 Julho 2021 03:01

Comemoração contou com a iluminação em vermelho do Cristo Redentor e se estendeu ao Quartel Central com a tradicional entrega de espadins, simulado de salvamentos e um espetáculo de fogos


O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ) completou 165 anos nesta sexta-feira (02.07), mesma data em que se comemora o Dia Nacional do Bombeiro. O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, prestigiou, durante a manhã, a reabertura do museu da corporação, acompanhou o lançamento do projeto social Salvaguarda Mirim e recebeu a medalha Grã-Cruz da Ordem do Mérito de Bombeiro Militar. À tarde, a instituição recebeu uma benção no Corcovado, marcada pela iluminação do Cristo Redentor. Em seguida, a cerimônia, no Quartel Central, contou com a tradicional entrega do espadim Marechal Souza Aguiar aos cadetes do primeiro ano do Curso de Formação de Oficiais (CFO). Houve, ainda, concerto da Banda Sinfônica, homenagens diversas, demonstração profissional e um espetáculo de fogos de artifício.  O governador Cláudio Castro foi recebido pelo secretário de Estado de Defesa Civil e comandante-geral, coronel Leandro Monteiro. Secretários, deputados, prefeitos e outras autoridades também participaram da solenidade.


A entrega dos espadins é sempre um momento de muita emoção no evento. Esta foi a 64ª turma do CFO da Academia de Bombeiros Militar Dom Pedro II, que recebeu o nome de tenente Ítalo, em homenagem póstuma a um de nossos bombeiros. Para representar todo o grupo, o primeiro colocado no concurso de admissão, Gabriel Spindola da Motta Ferreira,  recebeu o espadim das mãos do governador.


Como é tradição na solenidade de aniversário, a tropa realizou uma demonstração profissional com exercícios que fazem parte da rotina diária dos militares. No roteiro, foram apresentadas atividades como rapel, plano inclinado, escalada da torre, descida invertida, atividades subaquáticas no tanque em chamas, simulado de combate a incêndio e de atendimentos pré-hospitalares com motos e ambulâncias. 


De acordo com Cláudio Castro, é uma honra estar como governador nesta data tão singular.


 - Quando ouvimos falar do Corpo de Bombeiros, há uma palavra que salta do nosso coração: confiança. Não há instituição no nosso país com mais credibilidade do que o Corpo de Bombeiros. É uma corporação que vem salvando vidas há décadas. Cada um dos bombeiros trabalha para uma pessoa invisível, são 24 horas prontos para servir a população fluminense. Vamos investir cada vez na corporação, a primeira do país e a segunda melhor do mundo - afirmou o governador Cláudio Castro.


O comandante-geral agradeceu a presença das autoridades, dos bombeiros e de suas famílias e falou sobre a instituição.


- Em menos de um ano como comandante-geral, tenho colecionado desafios e alegrias. Comprometido com a defesa institucional e com a valorização da tropa, estamos buscando atender os maiores anseios verificados nos últimos anos. Afirmo e agradeço aos meus comandados: o trabalho de vocês perante a sociedade permite que o CBMERJ construa valiosas relações com os mais distintos órgãos do Estado. O apoio que recebemos do Governo do Estado e demais autoridades está baseado na certeza de que a população fluminense pode contar com o empenho abnegado de militares capacitados e muito bem equipados - atestou o comandante.


Para os cadetes, coronel Leandro Monteiro fez recomendações, proferindo palavras de incentivo.


- Vocês são o futuro da nossa instituição e hoje estão sendo apresentados e integrados a este honrado efetivo. Com as comemorações do aniversário da corporação, vocês são confrontados com a memória de luta e suor dos heróis do passado, vocês observam de perto a elite operacional do CBMERJ, e fazem o solene juramento diante da tropa e das mais importantes autoridades do Estado. Esse dia que fica marcado na vida de vocês, fica marcado também na nossa história - disse. 


Ainda como parte do cronograma em comemoração ao aniversário, o encontro marcou a abertura da Exposição Virtual de Fotografias e a divulgação da Semana de Prevenção. 


Decreto - O documento original do decreto que nomeia, em 1856, o primeiro comandante dos bombeiros, major João Moraes Antas (26/07/1856 a 01/10/1857), vai estar em exposição no museu do Corpo de Bombeiros do Rio a partir desta sexta-feira (02.07), data de sua assinatura por D. Pedro II. A relíquia ficará exposta por dez dias na Praça da República, Centro. O  item pertence à corporação e fica normalmente aclimatado no arquivo do Centro Histórico Cultural da instituição. Em tempo: o museu da corporação está sendo reaberto com novas disposições e conteúdos ilustrados sobre a história dos corpos de bombeiros do Brasil e do mundo. 


Fotos: Ricardo Cassiano


Produção: Equipe ACS