• 193 
  •  
  •  
  •  
  •  

Corpo de Bombeiros RJ inicia Operação Verão 2019

Até março, mais de 1.300 guarda-vidas atuarão na orla fluminense

 

Começou oficialmente, no último fim de semana, a Operação Verão 2019 do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ). Até março, mais de 1,3 mil guarda-vidas vão se revezar na orla fluminense, garantindo um reforço de cerca de 50% no efetivo, intensificando a segurança dos banhistas.

 

A ação conta com o apoio de motos aquáticas, lanchas, botes, quadriciclos e helicópteros. Dronestambém são usados para monitoramento e socorro às vítimas.

 

- A Operação Verão é um planejamento estratégico adotado pela corporação em virtude do expressivo aumento do número de frequentadores nas praias do Estado nesta época do ano. Nossos militares trabalham ativamente na conscientização e prevenção, a fim de evitar riscos de afogamentos. É fundamental que as pessoas sigam as recomendações e obedeçam à sinalização, evitando se expor a riscos durante o banho de mar – destacou o secretário de Estado de Defesa Civil e comandante-geral doCBMERJ, Roberto Robadey Jr.

 

Primeiro fim de semana

 

Neste primeiro fim de semana, os militares da corporação realizaram 52 salvamentos marítimos em todo o Estado. De 1º de janeiro até o último domingo (02.12), já foram contabilizadas 23.346 ações de resgate a banhistas. 

 

Recomendações do Corpo de Bombeiros RJ para evitar afogamentos: 

 

 - Procurar sempre os locais onde exista um posto de guarda-vidas;

 

 - Respeitar as placas e/ou bandeiras de sinalização;

 

 - Perguntar sempre ao guarda-vidas qual o local mais apropriado para tomar o banho de mar;

 

 - Não ingerir bebidas alcoólicas;

 

 - Evitar entrar no mar logo após se alimentar;

 

 - Não entrar no mar após longa exposição ao sol, sem antes adaptar seu organismo à temperatura da água.

 

 - Não desviar a atenção um só instante das crianças. Vale identificá-las com nome e telefone para contato;

 

 - Caso saiba e pretenda nadar, a orientação é praticar a atividade paralelamente à areia;

 

- Evitar locais que são conhecidos como points de surfistas. Desta forma, previne-se acidentes com pranchas.

 

Ranking de salvamentos marítimos no Estado em 2018 (até 02 de dezembro):

 

18º GBM (Cabo Frio): 4342 salvamentos 

 

3º GMar (Copacabana): 4025 salvamentos

 

DBM 2/9 (Rio Das Ostras): 2513 salvamentos

 

DBM 1/27 (Saquarema): 2426 salvamentos

 

DBM 3/M (Recreio): 1886 salvamentos

 

2º GMar (Barra): 1854 salvamentos 

 

4º GMar (Itaipu): 1738 salvamentos

 

9º GBM (Macaé): 1333 salvamentos

 

DBM 4/M (Barra de Guaratiba): 1172 salvamentos

 

10º GBM (Angra dos Reis): 475 salvamentos

 

5º GBM (Campos): 458 salvamentos 

 

DBM 1/26 (Mambucaba): 429 salvamentos

 

DBM 3/5 (São João da Barra): 297 salvamentos

 

26º GBM (Paraty): 295 salvamentos

 

DBM 2/13 (Sepetiba): 72 salvamentos

 

DBM 2/M (Piscinão de Ramos: 30 salvamentos

 

DBM 1/M (Paquetá): 1 salvamento